SEJA BEM-VINDO!

Esse é o primeiro blog dos Agentes de Segurança de Medidas Socioeducativas do Estado de Sergipe.
Aproveite ao máximo e dê sugestões para que possamos melhorá-lo.

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Adolescentes tentam fugir e quebram alas de Unidade Socioeducativa de Sergipe


Rebelião marcou início da greve dos agentes socioeducativos
 
Fábio Wesley conta que movimentação aconteceu durante manhã e tarde desta terça-feira (Fotos: Portal Infonet)
Adolescentes da Unidade Socioeducativa de Internação Provisória (Usip) realizaram rebelião durante a manhã e tarde desta terça-feira, 18. A mobilização, que resultou em tentativa de fuga e danificação de três alas, marcou o primeiro dia de greve dos agentes socioeducativos.
De acordo com o diretor de comunicação do Sindicato dos Agentes de Segurança e de Medidas Socioeducativas (Sindasse), Fábio Wesley, além dos adolescentes das alas 1, 3 e 4 da Usip, os garotos do Centro de Atendimento ao Menor (Cenam) também ficaram agitados.
Ainda com relação ao Cenam, Fábio afirmou que o diretor do Centro, Wigner Mota Quintela, passou de ala em ala dizendo aos adolescentes que iria haver mutirão e pediu que os jovens ficassem quietos. Além disso, a informação do diretor de comunicação é que Wigner decretou que todos ficassem trancados durante toda terça-feira.
“Nós chamamos aqui de pré-vestibular de sistema penitenciário, pois depois que os adolescentes saem daqui, nós vemos através de reportagens os crimes que eles cometem”, afirmou Fábio Wesley, ressaltando que o tratamento dado aos jovens é tão desumano, que nem bicho passa pelas mesmas situações.
Tropa de Choque fez revista na Usip, segundo Fundação Renascer
O diretor de comunicação do Sindasse ainda destacou que os adolescentes não fogem porque não querem, visto que a estrutura não oferece segurança, e o efetivo de funcionários é baixo.
Fundação Renascer
Através de sua assessoria de comunicação, a Fundação renascer informou que apenas nove adolescentes das alas 3 e 4 da Usip foram responsáveis pela movimentação, e que isto ocorreu no início da tarde. A assessoria também alegou que ninguém ficou ferido, e que, na ocasião, além de paredes e grades serem danificadas, os adolescentes tentaram sair, mas foram surpreendidos pelos agentes que estavam de plantão.
Ainda sobre a Usip, a informação é que a tropa de Choque fez uma revista, e que a situação foi controlada. Com relação ao Cenam, a informação é que apenas ocorreu um “bate-bate”, e que a Fundação não tem nenhuma informação a respeito do decreto do diretor e da informação que ele possivelmente concedeu aos adolescentes internos.
(Fonte: Infonet)